Dia do Combate à Alergia | Conheça as alergias mais incomuns a alimentos

Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão - AnaliaMed
Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão
26 de abril de 2019
Dia Internacional de Atenção à Pessoa com Lúpus - AnaliaMed
Dia Internacional de Atenção à Pessoa com Lúpus
10 de maio de 2019
Dia do Combate à Alergia | Conheça as alergias mais incomuns a alimentos - AnaliaMed

Você sabia que, na verdade, alergia alimentar é rara? 😱

Sim, na maioria das vezes, as pessoas confundem intolerância ou contaminação com alergia, por terem sintomas parecidos.

Por exemplo, ser alérgico ao leite é diferente de ser intolerante à lactose. A intolerância é quando o corpo encontra dificuldade em digerir ou processar certos nutrientes e acaba causando desconforto. A alergia está diretamente ligada ao nosso sistema imune e produção de histamina, principal substância presente em reações alérgicas. Então, por exemplo, pessoas intolerantes à lactose, podem consumir alimentos com baixo teor de lactose ou sem lactose, mas ainda podem consumir leite. Já pessoas alérgicas ao leite, não podem consumir nenhum alimento com leite ou traços de leite que possam aparecer durante a produção do alimento.

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, somente 6% a 8% das crianças têm realmente alergia alimentar, enquanto nos adultos este número chega a ser até menor, entre 2% a 3%.

Os alimentos mais relacionados a reações alérgicas são o leite de vaca 🥛, peixes 🐟 e crustáceos 🦀, ovo 🍳, nozes, castanhas, sementes e cereais.

Mas, existem casos registrados de pessoas com alergia ao cacau e até mesmo à água. Um caso ainda mais severo que aconteceu aqui no Brasil, em 2009, foi o caso dos irmãos João Vithor e Nicole Lourenço, de Goiânia (GO), que têm alergia alimentar múltipla e, por isso, eles só podiam ingerir carne de rã e um tipo especial de leite cuja lata, à época, custava R$ 450.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *